Capa

Full Time Sports

Stock Car: Matías Rossi na primeira fila e Rubens Barrichello perto do pódio na Corrida do Milhão

Barrichello é destaque da equipe Full Time neste domingo em Interlagos, subindo de 22º para quarto. Rafael Suzuki termina em 13º. Rossi larga em segundo, mas enfrenta problemas, assim como o vencedor de sábado Piquet Jr.

23.08.2020  |  1.358 visualizações

Após a vitória de Nelson Piquet Jr. na etapa de sábado (22), a equipe Full Time Sports voltou à pista de Interlagos (SP), neste domingo (23), para a disputa da Corrida do Milhão Solidário, uma das provas mais especiais da Stock Car e que este ano teve seu prêmio destinado a entidades que ajudam vítimas do coronavírus no Brasil.

No classificatório realizado pela manhã, a equipe comandada por Maurício Ferreira foi destaque com o argentino Matías Rossi, que conquistou o segundo lugar no grid. A posição na primeira fila, ao lado do pole César Ramos, foi bastante comemorada, já que na prova de sábado Rossi levou um toque e foi obrigado a abandonar com o carro bastante danificado. Os mecânicos do time trabalharam até o início da madrugada e deixaram o Corolla #117 pronto e competitivo.

Piquet Jr. também seguiu mostrando boa performance e garantiu o sétimo lugar no grid. Já Suzuki, terceiro no classificatório no sábado, não conseguiu encaixar uma boa volta e terminou em 19º. Rubens Barrichello também teve dificuldades com a temperatura dos pneus e ficou em 22º.

Na corrida, no entanto, minutos antes da largada um problema no sensor da embreagem exigiu reparos no carro de Rossi após a placa de três minutos, o que não é permitido pelo regulamento. Desta forma, o argentino precisou cumprir um drive thru assim que a prova começou e caiu para o final do pelotão, terminando a corrida em 21º.

Já Barrichello deu um show com o Corolla #111 e ganhou 18 posições, para cruzar a linha de chegada em quarto, bem perto do pódio. O piloto está em terceiro na tabela, com 71 pontos.

Largando mais atrás, Suzuki acabou se envolvendo em alguns incidentes, mas conseguiu um 13º lugar, que o manteve entre os 10 primeiros no campeonato. Piquet, por sua vez, foi obrigado a abandonar com problemas no câmbio, mas segue bem na tabela, com o quinto lugar no campeonato.

#111 voando
Piloto mais votado na eleição do Fan Push para a Corrida do Milhão Solidário, Barrichello celebrou a evolução durante a prova, mas lamentou um incidente nos metros finais. O piloto acionou o botão extra de ultrapassagem, para tentar o terceiro lugar, mas foi atrapalhado por um retardatário e terminou na quarta posição.

“A pista estava molhada pela manhã e não consegui a melhor temperatura para os pneus. Com isso, acabei largando em 22º. Mas fiquei muito feliz com o rendimento do carro na corrida. O Corolla #111 voava”, contou Barrichello, que na etapa de sábado ficou na sétima colocação.

“Eu estava guardando o Fan Push para o final, mas infelizmente um retardatário acabou me atrapalhando na última volta e tirou o que poderia vir a ser um pódio. Mas o copo está muito mais cheio do que vazio. Interlagos vai estar sempre no meu coração. E aproveito para agradecer muito aos fãs por ter sido o mais votado no Fan Push. Isso sempre me ajuda muito”, completou o piloto, que tem uma vitória na temporada, na corrida 2 da primeira etapa em Goiânia.

Top-10 no campeonato
Suzuki, que havia terminado a prova de sábado em quarto lugar, também tinha boas expectativas para a Corrida do Milhão. Apesar de não ter ficado entre os ponteiros desta vez, o piloto ficou satisfeito por seguir entre os 10 primeiros no campeonato.

“A classificação comprometeu um pouquinho. Não consegui tirar o máximo do grupo dos 12 primeiros, que teve situação de pista mais úmida e não consegui passar para o Q2. Isso dificultou um pouco a corrida. Assim, como eu larguei na frente ontem e facilitou”, destacou o paulista do Corolla #8.

“Na corrida, o começo não foi como eu queria. Perdi um pouco de tempo, me atrapalhei com o freio. Da metade pra frente, o carro melhorou. Apesar da gente ter ficado pra trás, o ritmo era bom. Depois, aconteceram os toques. De qualquer forma, quarto e 13º são bons pontos no fim de semana e demos uma subida boa no campeonato. Agora vamos trabalhar para melhorar mais”, finalizou Suzuki.

Felicidade com a primeira fila
Carismático e sempre otimista, Rossi também preferiu exaltar o lado bom da Corrida do Milhão, depois de conseguir largar em segundo na sua quarta prova pela Stock Car.

“Na minha análise, foi um dia muito bom. Estou contente com a classificação, um sonho largar na primeira fila em Interlagos. Essa felicidade ninguém me tira. E também feliz com a performance que tivemos na corrida”, disse o multicampeão do automobilismo argentino.

“Lamentavelmente, tivemos um problema no sensor da embreagem antes da largada, quando já estávamos alinhados no grid. O conserto acabou acontecendo fora do intervalo permitido e tivemos a penalização. Foi uma pena, faltou sorte, mas estou feliz pela classificação, pelo ritmo do carro e gostaria de agradecer a toda equipe Full Time e à Toyota. Vamos com tudo para a próxima”, completou o piloto, que é chamado de “Míssil” pelos fãs argentinos.

Fim de semana positivo
Vencedor da etapa de sábado, Nelson Piquet Jr. foi obrigado a abandonar a Corrida do Milhão Solidário nos minutos finais.

“Hoje não foi o nosso dia. Tive alguns problemas mecânicos e precisei abandonar a prova”, comentou Piquet.

“Mas o fim de semana, como um todo, foi bom. Conquistamos nossa primeira vitória e hoje conseguimos o Fan Push graças ao voto dos fãs. Óbvio que eu queria ter marcado mais pontos na Corrida do Milhão, mas acontece”, destacou.

“A lição de hoje é aprender o máximo que puder e evoluir pra próxima corrida. Está tudo muito próximo e temos de seguir trabalhando para melhorar cada vez mais”, finalizou o piloto, que tem dois pódios nas quatro provas disputadas até aqui em 2020 (além da vitória de sábado em Interlagos foi segundo na corrida 2 em Goiânia).

O vencedor da Corrida do Milhão Solidário foi o paranaense Ricardo Zonta, seguido por Cesar Ramos e Denis Navarro. A próxima etapa da Stock Car está prevista para o dia 13 de setembro, em Londrina (PR).

Resultado da Corrida do Milhão Solidário:
1. Ricardo Zonta (Corolla/RCM), 25 voltas em 42min36s582
2. Cesar Ramos (Corolla/A.Mattheis),a 6s117
3. Denis Navarro (Cruze/Cavaleiro), a 9s755
4. Rubens Barrichello (Corolla/Full Time), a 10s551
5. Ricardo Mauricio (Cruze/RC), a 15s261
6. Thiago Camilo (Corolla/A.Mattheis), a 16s674
7. Guilherme Salas (Cruze/KTF), a 16s971
8. Átila Abreu (Corolla/Crown), a 17s540
9. Allam Khodair (Cruze/Blau), a 19s441
10. Julio Campos (Cruze/Crown), a 20s222
11. Bruno Baptista (Corolla/RCM), a 27s822
12. Marcos Gomes (Cruze/Cavaleiro), a 32s565
13. Rafael Suzuki (Corolla/Full Time Bassani), a 33s537
14. Lucas Foresti (Cruze/Vogel), a 33s723
15. Galid Osman (Corolla/Crown), a 40s938
16. Gaetano Di Mauro (Cruze/Vogel), a 43s191
17. Vitor Baptista (Cruze/KTF), a 46s221
18. Cacá Bueno (Cruze/Crown), a 47s441
19. Gabriel Casagrande (Cruze/R.Mattheis), a 48s118
20. Pedro Cardoso (Cruze/R.Mattheis), a 52s732
21. Matias Rossi (Corolla/Full Time), a 1 volta
22. Tuca Antoniazi (Cruze/Hot Car), a 1 volta
23. Nelsinho Piquet (Corolla/Full Time Bassani), a 4 voltas

Não completou 75% da prova
Diego Nunes (Cruze/Blau), a 16 voltas

Classificação do campeonato, após três etapas (Top-10):
1 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla), 82
2 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla), 78
3 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla), 71
4 Ricardo Maurício (Eurofarma-RC/Cruze), 64
5 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani/Corolla), 50
6 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), 50
7 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), 46
8 Atila Abreu (Shell V-Power/Cruze), 44
9 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze), 42
10 Rafael Suzuki (Full Time Bassani / Corolla), 41
19 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla), 19

Saiba mais sobre a equipe Full Time Sports:
http://fulltimesports.com.br
Instagram: @fulltimesports
Facebook: https://www.facebook.com/fulltimesports10

Imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves
fernanda@fgcom.com.br
Tel. + 55 11 98245.4511

  • Rubens Barrichello: perto do pódio
    (Luca Bassani)

  • Rafael Suzuki é o 13o na Corrida do Milhão
    (Luca Bassani)

  • Largada da Corrida do Milhão Solidário com Matias Rossi em segundo
    (Luca Bassani)

  • Nelson Piquet Jr. teve problemas neste domingo
    (Luca Bassani)

  • Barrichello conversa com o chefe Maurício Ferreira
    (Luca Bassani)

  • Suzuki está em décimo no campeonato
    (Luca Bassani)

  • Piquet na vitória de sábado
    (Luca Bassani)

  • Rossi (centro) comemora o segundo lugar no grid com engenheiros
    (Luca Bassani)

Leia também...

22.08.2020

Stock Car: Full Time Sports conquista sua primeira vitória em Interlagos com Nelson Piquet Jr.

Pista paulista era a única do calendário onde o time comandado por Maurício Ferreira nunca havia vencido. Com vitória, Piquet encosta nos líderes, dentre eles o companheiro Barrichello. Suzuki também vai muito bem em Interlagos, já Rossi leva toque e abandona. Domingo é dia da Corrida do Milhão

19.12.2019

Matías Rossi visita sede da Full Time em Vinhedo e não vê a hora de acelerar na Stock pela 1ª vez

Um dos principais pilotos do automobilismo argentino e representante oficial da TOYOTA GAZOO Racing, Rossi será um dos integrantes do time comandado por Maurício Ferreira na temporada 2020 da Stock Car

18.12.2019

Stock Car: Gaetano di Mauro emociona equipe Full Time Sports com vídeo surpresa em sua despedida

15.12.2019

Full Time terá multicampeão argentino Matías Rossi na temporada 2020 da Stock Car

Time comandado por Maurício Ferreira será um dos representantes da TOYOTA GAZOO Racing na principal categoria do Brasil

Entre em contato