Capa

1ª vitória de Suzuki, pódios de Barrichello e Piquet e liderança entre os pilotos para a Full Time

Rafael Suzuki vence pela primeira vez na Stock Car
(Bruno Terena)

Rubens Barrichello: pódio e liderança
(Bruno Terena)

Nelson Piquet Jr.: terceiro pódio em 2020
(Bruno Terena)

Matías Rossi: falta de sorte na corrida 1 e bons pontos na 2
(Bruno Terena)

Piquet, Barrichello e Suzuki: só alegria
(Bruno Terena)

Suzuki recebe a bandeirada
(Bruno Terena)

Barrichello durante o pit stop
(Bruno Terena)

Piquet Jr. está em quinto na tabela
(Bruno Terena)

Rossi segue adaptação à Stock Car
(Bruno Terena)

Equipe Full Time em festa
(Bruno Terena)

Equipe dirigida por Maurício Ferreira tem final de semana de grandes resultados em Londrina. Barrichello volta ao topo da classificação da Stock Car. Piquet e Suzuki estão entre os Top-8

13.09.2020  |  560 visualizações

A quarta etapa da Stock Car, realizada neste domingo (dia 13), no autódromo internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR), foi mais uma vez especial para a equipe Full Time Sports. Foi a vez de Rafael Suzuki conquistar sua primeira vitória na principal categoria do automobilismo brasileiro, após uma estratégia perfeita na corrida 1.

Na corrida 2, mais dois pódios para o time dirigido por Maurício Ferreira, com Rubens Barrichello em segundo e Nelson Piquet Jr., em terceiro.

Já para o argentino Matías Rossi, que faz sua primeira temporada na categoria brasileira, faltou sorte na corrida 1, em Londrina, quando seu capô voou, obrigando-o a ir para os boxes. O piloto do Corolla #117 largou da 24ª posição na corrida 2 e conseguiu uma boa recuperação, chegando em 12º.

Com os resultados, Barrichello, que foi sétimo na primeira prova, volta à liderança da competição, com 105 pontos. Piquet, que como Suzuki venceu recentemente sua primeira corrida na Stock Car, no mês passado, em Interlagos (SP), está em quinto no campeonato (83 pontos) e Suzuki subiu para oitavo (72).

Nas quatro etapas de 2020, a Full Time já venceu nas três pistas que receberam as provas: Barrichello na corrida 2 em Goiânia, Piquet Jr. em São Paulo e agora Suzuki.

Valeu a Espera
Já são sete temporadas na Stock Car, mas finalmente o dia da primeira vitória chegou. Largando em terceiro a bordo do Corolla #8, Suzuki vibrou muito com a conquista. O piloto faz seu primeiro campeonato pela equipe Full Time e já vinha batendo na trave desde as primeiras corridas de 2020.

Antes mesmo do primeiro treino em Londrina, ele já mostrava otimismo e confiança na vitória. “Estou muito feliz com a minha primeira vitória aqui na Stock Car em Londrina. Só tenho a agradecer a toda equipe Full Time Bassani, que fez um grande trabalho. Eles sempre acreditaram em mim, antes mesmo da temporada começar e, agora que os resultados estão aparecendo, só posso ser muito grato”, declarou o piloto de 33 anos.

“A equipe me deu um carro muito bom na classificação, que já é o meio do caminho. A gente estava ali na posição certa para poder usar a estratégia certa. Tudo ocorreu muito bem e conseguimos essa vitória”, frisou Suzuki, que já havia subido ao pódio da categoria com dois terceiros lugares (Argentina 2017 e Cascavel 2018).

“Vou curtir bastante hoje, mas amanhã já começamos a pensar na próxima etapa. Sempre tem o que melhorar, aprender, evoluir, mas por enquanto, vou comemorar. A gente sabe o quanto a Stock Car é competitiva, o quanto o nível é alto, então é uma sensação muito boa. Foram seis anos de espera, mas finalmente chegou a hora”, celebrou Suzuki, que terminou a segunda corrida na 20ª posição.

De volta à liderança
Para Barrichello, a etapa também foi muito positiva. Foi o sexto pódio do piloto na pista paranaense, onde já venceu duas vezes (2016 e 2018), já tinha um segundo lugar em 2018 e dois terceiros em 2017.

“Com os resultados aqui em Londrina, assumo a liderança da tabela. Fico feliz, mas obviamente que queríamos a vitória. Por outro lado, tem um peso ‘literalmente’ em ser líder, que são os 30 kg do lastro de sucesso”, lembrou o piloto da Mobil ALE Full Time Sports, com relação à nova regra da Stock Car, onde os cinco primeiros levam mais peso em seus carros.

“Claro que é bom inovar, tentar deixar a categoria mais equilibrada, mas carregar esse peso todo é bem difícil. Mas faz parte e, se quisermos ser campeões, temos que nos adaptar a isso e levar esses 30 kg até o final”, declarou o campeão de 2014 da Stock Car, que mesmo aos 48 anos estava 'inteiro' após as provas, que tiveram temperatura perto de 40º C.

“Vejo a molecada saindo do carro suando, mancando, então, fico feliz por ainda estar em forma e competindo com eles”, disse.

Três pódios em 2020
Piquet também ficou satisfeito com mais um pódio e o sexto lugar na corrida 1. Nas três pistas, onde aconteceram provas este ano, o piloto foi ao pódio, mostrando uma grande evolução com o Corolla #33. Piquet foi segundo na corrida 2 em Goiânia, venceu em São Paulo e agora foi terceiro na corrida 2 em Londrina.

“Terminamos a etapa com uma boa pontuação. O pódio também foi bom. E o resultado como um todo foi positivo. Claro que sempre tem uma margem para melhorar, e sabíamos que nosso carro era muito melhor do que foi a classificação”, contou o piloto que partiu de 13º na corrida 1.

“Na disputa, o primeiro objetivo era fugir das confusões ali do meio sem danos, e depois começar a buscar posições. Conseguimos economizar pneus e combustível e isso é outro ponto positivo. Fizemos duas boas corridas e saímos satisfeitos daqui”, completou Piquet, que faz sua terceira temporada na Stock Car, todas pela equipe Texaco Full Time Sports.

Pista difícil
Feliz com os resultados dos companheiros, o argentino Matías Rossi ainda segue sua adaptação à Stock Car. O piloto teve muitas dificuldades com o manhoso traçado de Londrina, onde andou pela primeira vez. Na corrida 1, um problema com o capô, que se soltou, fez o piloto abortar a prova e entrar nos boxes. Na prova seguinte, largando lá de trás, ele conseguiu se recuperar e marcar pontos importantes.

“Tivemos uma corrida boa e a outra ruim, infelizmente. Na primeira prova, o capô se soltou e tivemos de trabalhar muito para estarmos prontos para a segunda disputa”, lembrou o piloto oficial da Toyota Gazoo Racing.

“Nesta segunda corrida, largamos em 24º e chegamos em 12º, o que foi bom diante de tudo o que aconteceu. Fiquei contente, mas é claro que quero mais. Londrina é uma pista muito difícil, mais que Interlagos e Goiânia e não consegui ser tão rápido quanto gostaria”, frisou o argentino.

“Agora vamos focar para a etapa de Cascavel. A equipe está num nível muito alto, meus três companheiros já venceram, então sabemos que temos um carro competitivo. Isso, com certeza, me anima”, completou o piloto, que é um dos destaques do automobilismo argentino, com vários títulos na TC e Super TC 2000.

A temporada 2020 da Stock Car segue cumprindo um rigoroso protocolo de segurança sanitária, em virtude da pandemia do coronavírus, e sem público nos autódromos. Cascavel (PR) receberá a quinta e a sexta etapas nos dias 3 e 4 de outubro.

Confira os resultados das corridas em Londrina:

Corrida 1
1 . Rafael Suzuki (Corolla), 24 voltas
2 . Gabriel Casagrande (Cruze), a 6.043
3 . Thiago Camilo (Corolla), a 12.810
4 . Cesar Ramos (Corolla), a 13.698
5 . Átila Abreu (Cruze), a 15.218
6 . Nelson Piquet Jr (Corolla), a 16.745
7 . Rubens Barrichello (Corolla), a 17.828
8 . Allam Khodair (Cruze), a 18.977
9 . Julio Campos (Cruze), a 19.750
10 . Ricardo Mauricio (Cruze), a 20.411
11 . Ricardo Zonta (Corolla), a 20.807
12 . Diego Nunes (Cruze), a 28.816
13 . Cacá Bueno (Cruze), a 37.531
14 . Denis Navarro (Cruze), a 37.983
15 . Daniel Serra (Cruze), a 1 volta
16 . Lucas Foresti (Cruze), a 1 volta
17 . Bruno Baptista (Corolla), a 1 volta
18 . Pedro Cardoso (Cruze), a 1 volta
19 . Tuca Antoniazi (Cruze), a 1 volta
20 . Galid Osman (Cruze), a 1 volta
21 . Gaetano di Mauro (Cruze), a 2 voltas
22 . Marcos Gomes (Cruze), a 5 voltas
23 . Guilherme Salas (Cruze), a 13 voltas
24 . Matias Rossi (Corolla), a 15 voltas

Corrida 2
1 . Ricardo Mauricio (Cruze), 24 voltas
2 . Rubens Barrichello (Corolla), a 5.331
3 . Nelson Piquet Jr (Corolla), a 10.470
4 . Gabriel Casagrande (Cruze), a 10.790
5 .Bruno Baptista (Corolla), a 12.433
6 . Gaetano di Mauro (Cruze), a 16.132
7 . Átila Abreu (Cruze), a 18.941
8 . Cacá Bueno (Cruze), a 20.116
9 . Pedro Cardoso (Cruze), a 24.250
10 . Daniel Serra (Cruze), a 24.640
11 . Thiago Camilo (Corolla), a 28.504
12 . Matias Rossi (Corolla), a 28.715
13 . Ricardo Zonta (Corolla), a 30.611
14 . Julio Campos (Cruze), a 31.318
15 . Diego Nunes (Cruze), a 31.333
16 . Allam Khodair (Cruze), a 48.237
17 . Tuca Antoniazi (Cruze), a 1:14.135
18 . Lucas Foresti (Cruze), a 2 voltas
19 . Denis Navarro (Cruze), a 4 voltas
20 . Rafael Suzuki (Corolla), a 5 voltas
21 . Cesar Ramos (Corolla), a 15 voltas
22 . Guilherme Salas (Cruze), a 20 voltas
23 . Marcos Gomes (Cruze), a 23 voltas
24 . Galid Osman (Cruze), não largou

Classificação do campeonato, após quatro etapas (Top-10):
1 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla), 105
2 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla), 100
3 Ricardo Mauricio (Eurofarma /Cruze), 99
4 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla), 97
5 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani/Corolla), 83
6 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), 78
7 Atila Abreu (Shell V-Power/Cruze), 75
8 Rafael Suzuki (Full Time Bassani / Corolla), 72
9 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), 68
10 Gabriel Casagrande (R Mattheis / Cruze), 60
21 Matías Rossi (Full Time Sports / Corolla), 28

Saiba mais sobre a equipe Full Time Sports:
http://fulltimesports.com.br
Instagram: @fulltimesports
Facebook: https://www.facebook.com/fulltimesports10

Imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves
fernanda@fgcom.com.br
Tel. + 55 11 98245.4511

 

Leia também...

18.10.2020

Argentino Matías Rossi conquista seu primeiro pódio na Stock Car no Velocitta

Piloto da Toyota Gazoo Racing / Full Time foi o segundo colocado na corrida 2 e ainda marcou bons pontos com um oitavo lugar na prova 1. Nelson Piquet Jr. também ficou entre os Top-10 na corrida 1. Rubens Barrichello e Rafael Suzuki conquistaram os melhores resultados na segunda prova do dia

17.10.2020

Stock Car: Full Time larga entre os Top-10 com Piquet Jr., Barrichello e Rossi no Velocitta

Rafael Suzuki parte da 22ª posição e vai em busca da recuperação na rodada dupla deste domingo

04.10.2020

Stock Car: Full Time mantém três pilotos no Top-10 do campeonato, após 6 das 12 etapas

Temporada 2020 chega a sua metade após etapa deste domingo em Cascavel. Rubens Barrichello é o quinto no campeonato, Rafael Suzuki, o oitavo e Nelson Piquet Jr, o décimo

03.10.2020

Stock Car: Rubens Barrichello escala 13 posições e mantém liderança neste sábado em Cascavel

Equipe Full Time Sports conquista três Top-10 na quinta etapa da temporada, com Barrichello em sétimo, Rafael Suzuki em oitavo e Matías Rossi em décimo. Nelson Piquet Jr. sofre batida na primeira volta e é obrigado a abandonar

Entre em contato