Capa

Pipo Derani PR

"Le Mans, algumas vezes, pode ser cruel", comenta Pipo Derani ao final de sua nona participação na prova

Pipo Derani disputou 24H de Le Mans pela nona vez
(José Mário Dias)

Brasileiro lamentou incidente
(José Mário Dias)

Foco agora volta a ser a disputa do IMSA
(José Mário Dias)

Bicampeão do IMSA, brasileiro escapou da pista, bateu forte na barreira de pneus, mas felizmente saiu ileso. Equipe terminou prova em 29º no geral e 15º entre os Hipercarros

16.06.2024  |  632 visualizações

Em sua nona participação na tradicional 24 Horas de Le Mans, encerrada neste domingo (16), o brasileiro Pipo Derani lutava por um resultado entre os Top-10, quando escapou da pista e bateu forte na barreira de pneus, faltando 5 horas e 24 minutos para o encerramento da disputa.

Felizmente, o piloto saiu ileso do acidente e a equipe Action Express Racing conseguiu voltar à pista, após os reparos no #311 Whelen Engineering Cadillac V-Series.R, quando faltavam 3 horas e 14 minutos para o fim da corrida.

Derani e os companheiros Jack Aitken e Felipe Drugovich finalizaram a prova em 29º no geral e 15º entre os Hipercarros, que tiveram 23 modelos no grid. No total, a 92ª edição das 24 Horas de Le Mans contou com 62 carros na disputa. A vitória, pelo segundo ano seguido, ficou com a Ferrari, desta vez comandada pelos pilotos Antonio Fuoco, Miguel Molina e Nicklas Nielsen.

Bicampeão do IMSA com a equipe Action Express / Whelen Engineering, Derani estava animado com a evolução do carro, após o treino classificatório. Na tomada de tempos, realizada na quarta-feira (12), a equipe teve dificuldades com a aderência dos dois primeiros jogos de pneus e, após uma mudança agressiva no acerto do carro com o terceiro jogo, Pipo vinha numa boa volta, mas acabou atrapalhado pelo tráfego e ficou apenas com a 18ª colocação no grid.

Durante a prova, o time vinha evoluindo e andando entre os Top-10. “Infelizmente, não sabemos se foi água na pista dos carros que passaram antes de mim ou alguma sujeira, mas perdi o controle do carro repentinamente e não tive tempo de reação. Foi um forte impacto, mas felizmente está tudo bem comigo”, comentou Derani.

“Foi uma pena, pois estávamos tentando retornar à volta do líder. Correr em Le Mans, algumas vezes, pode ser cruel. Mas você vive, aprende e tenta ir melhor da próxima vez”, completou o brasileiro.

Derani disputou sua primeira 24 Horas de Le Mans em 2015, na classe LMP2. O melhor resultado foi alcançado em 2017, quando o piloto foi vice-campeão na LMGTE Pro. Nos três últimos anos, o brasileiro correu na categoria Hipercarros. Pelo IMSA, além dos dois títulos, Derani coleciona também vitórias nas provas longas, entre elas uma conquista nas 24 Horas de Daytona e quatro nas 12 Horas de Sebring.

Em busca de seu terceiro título na competição norte-americana, o brasileiro atualmente é o quarto colocado na temporada, com três poles e três pódios, após cinco etapas. A próxima etapa do campeonato já acontecerá domingo que vem (23), com a disputa das 6 Horas de Watkins Glen.

Mais informações:
www.pipoderani.com.br 
Facebook: facebook.com/PIPODERANI
Instagram: @pipoderani
Twitter: @pipoderani

Imprensa
FGCom
Fernanda Gonçalves
fernanda@fgcom.com.br
Tel. + 55 11 98245.4511
www.fgcom.com.br

Leia também...

22.06.2024

Pipo Derani não seguirá na Action Express Racing em 2025

11.06.2024

Pipo Derani disputa sua nona 24 Horas de Le Mans

Bicampeão do IMSA, brasileiro correrá pelo segundo ano com a Action Express Racing / Whelen Engineering na categoria Hipercarros

02.06.2024

"Corremos para limitar os danos", diz Pipo Derani após sexto lugar em Detroit

Incidente no classificatório dificultou o desempenho do atual campeão do IMSA nas ruas de Detroit

29.05.2024

IMSA: Pipo Derani tem desafio em novo traçado nas ruas de Detroit e vai em busca da vitória na casa da Cadillac

Atual campeão do IMSA e vice-líder da temporada, brasileiro já tem três poles e três pódios em 2024

Entre em contato